search

Simespi apoia Prefeitura na revitalização do Ecoponto

7 de abril de 2021


Alvo constante de atos de vandalismo e de incêndios, o Ecoponto do Jardim Oriente será recuperado pela Prefeitura de Piracicaba com o apoio do Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas e Fundições de Piracicaba) e de empresas parceiras. Sem orçamento para esta reforma, a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) organizou uma campanha e conseguiu a adesão da entidade que auxiliará com o envio de caminhões para remoção do material do maior Ecoponto da cidade.

Segundo o presidente do Simespi, Euclides Libardi, a entidade se preocupa muito com as questões ambientais. “Inclusive, temos um departamento de consultoria justamente para auxiliar as associadas a estarem sempre alinhadas com as boas práticas”, afirma. “A importância de fazer parte desta ação vai além da ajuda, queremos inspirar outras entidades e empresas a participarem de mais campanhas deste tipo”, completa.
Segundo o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, Marcos Yassuo Kamogawa, a reforma do Ecoponto vai ser realizada em fases.
Na primeira delas será feita a retirada de todo o material, depois a recuperação das cercas. Também serão implantadas câmeras de monitoramento e controle de acesso. A partir disso, o descarte será realizado de forma controlada e mais eficiente, garantindo que o cidadão destine apenas um metro cúbico do material, que é o objetivo do Ecoponto.

O Ecoponto centraliza o descarte de materiais como restos de poda de árvores, grama, folhas e, principalmente, os materiais de construção civil, já que os Ecopontos são para uso de pessoa física e não jurídica. Nos indicadores de 2019, foi possível reciclar em Piracicaba mais de 80% dos resíduos de construção civil gerados, incluindo os resíduos dos Ecopontos.