search

Audiência na Câmara discute sobre Piracicaba receber resíduos sólidos domésticos e possivelmente industriais de mais de 40 municípios

11 de julho de 2018

 

A CTR (Central de Tratamento de Resíduos) e Aterro Ecoparque Palmeiras de Piracicaba, que atende apenas o nosso município, poderá passar a receber, também, resíduos sólidos domésticos e possivelmente industriais do Aglomerado Urbano de Piracicaba e da região metropolitana de Campinas, o que totaliza cerca de 40 cidades.

 

Há meses o poder executivo tem realizado reuniões com os prefeitos do Aglomerado e do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas), sobre a possível ampliação dos serviços para atender mais cidades.

 

O Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente) instaurou um inquérito civil para apurar os aspectos técnicos deste procedimento. Segundo o grupo, a vida útil do aterro diminuirá consideravelmente e danos ambiental poderão acontecer, como contaminação do solo e lençóis freáticos.

 

O Simespi acredita que toda a comunidade, cidadãos e empresas, devem estar atentos ao que acontece no município e participar das discussões que afetam diretamente o futuro de nossa Piracicaba. Para isso, convocamos todos para participarem da audiência pública que será realizada nesta terça-feira, no dia 26 de junho, na Câmara dos Vereadores, às 19 horas, quando será debatida a questão.

 

Contamos com a sua participação!