NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS

Funseg entrega drones para seis corporações policiais de Piracicaba


Publicado em 03/04/2018

Seis drones foram entregues, na tarde de ontem (2), a representantes das polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros. O Simespi esteve representado pelo diretor executivo, Euclides Libardi. Os equipamentos de alta tecnologia serão utilizados pelas corporações para ampliar a segurança e contribuir para a assertividade das operações.

A parceria entre o Funseg e o Jecrim (Juizado Especial Criminal da Comarca de Piracicaba) vem rendendo bons frutos, como aponta o juiz diretor do Juizado, Ettore Geraldo Avolio. “É importante ressaltar que o fundo de custeio do Jecrim destina, com a fiscalização do Ministério Público, as verbas de transações penais a entidades piracicabanas. Desde o ano passado, o Funseg é nosso parceiro e, por isso, o nosso Judiciário pode contribuir com a aquisição dos drones”, completa o juiz.

Os drones serão utilizados de acordo com a necessidade e rotina de cada corporação. A comandante da Guarda Civil, Lucineide Corrêa, explica que o equipamento será empregado não só no monitoramento de áreas públicas urbanas, mas também nas rurais. “O drone facilitará a fiscalização de áreas rurais por promover uma visão aérea. Poderemos impedir, por exemplo, que áreas verdes sejam invadidas e inibir que áreas já tomadas cresçam”, finaliza Lucineide. 

 

A Polícia Militar também recebeu um equipamento e o utilizará na prevenção de crimes, planejamento operacional e também em casos em que o crime já tenha ocorrido, como roubos com refém, sequestros, acompanhamento de fugas, entre outros. “O drone diminui o risco de confrontos desnecessários e acidentes para os policiais e, consequentemente, aumenta a segurança da população. Esse é um equipamento que, com certeza, faltava em nossas operações. Ele resguarda vidas e garante uma visão panorâmica das operações. Em jogos de futebol, por exemplo, teremos uma visão completa e em tempo real do estádio e do entorno, o que facilita muito na tomada de decisão”, indica o major André Luiz Vianna.

 

O delegado da Polícia Federal, Florisvaldo das Neves, aponta o uso múltiplo do equipamento. “O drone será de grande valia tanto em operações diárias quanto nas investigativas. Vamos otimizar o trabalho realizado e conferir ainda mais segurança e agilidade nas atividades”, complementou.

 

Para o capitão Bruno Gobbo, comandante do primeiro e segundo grupamento do Corpo de Bombeiros de Piracicaba, a aquisição do drones caracteriza um avanço tecnológico nos atendimentos. “Entendemos essa doação como um grande avanço tecnológico no atendimento de ocorrências, principalmente nos casos extraordinários, como, por exemplo, grandes incêndios, quando é necessário um planejamento mais amplo e do chão isso nem sempre é possível. O drone nos permite uma visão estratégica muito mais apurada. Assim, maximizamos a utilização de recursos e diminuímos o tempo de resposta”, exemplifica Gobbo.

 

O delegado seccional da Polícia Civil, Glauco Roberto Rufino, também avalia a doação: “Temos certeza de que este equipamento será de extrema importância para a nossa missão institucional, trazendo mais eficiência e ótimos resultados”.

 

Também participou da entrega o promotor de Justiça, João Sampaio Moreira.

SOBRE O FUNSEG – O Fundo é composto  pelo Simespi, Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Piracicaba), Ciesp (Centro das Indústria do Estado de São Paulo), Coplacana (Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo), Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba) e Jecrim (Juizado Especial Criminal da Comarca de Piracicaba).

O Funseg foi criado em 2006, com o objetivo de auxiliar as corporações que trabalham pela segurança em Piracicaba e promover a arrecadação de fundos para a aquisição de produtos e serviços de valores menores, mas que garantem o cumprimento das funções e atendimentos. O Funseg é um braço de apoio das forças de segurança e evita que instituições solicitem doações a empresas. [Texto e crédito das fotos: Comunicação Acipi]